Como assumir o controle da sua marca pessoal

07/04/2020

Talvez uma das coisas mais difíceis para o empreendedor e até mesmo para o empresário é como assumir o controle da sua marca pessoal. Para muitos, pode ser mais difícil até mesmo do que criar uma marca.

Por mais que as vendas sejam essenciais para o seu negócio, no final o controle e a situação de como aquela marca é vista é que farão real diferença. 

E é essa definição que, na maioria das vezes, pode influenciar a decisão de compra ou de investir em uma marca, e essa marca pode se tornar a marca registrada de uma região, de um perfil de cliente e, até mesmo, de um produto.

A forma como as pessoas veem você ou sua marca vai influenciar suas vendas, o controle do seu negócio e, até mesmo, a sua empresa.

Nosso objetivo aqui hoje é ajudá-lo a entender como assumir o controle da sua marca pessoal, mais precisamente trazemos cinco etapas para controlar sua própria marca pessoal.

 

Defina quem é você

Antes mesmo do seu objetivo, do seu patamar, dos seus hábitos e até mesmo do que a tecnologia pode fazer por você, você precisa definir quem é você.

Acredito que a regra principal quando você pensar em como assumir o controle da sua marca pessoal ésaber quem realmente é você.

Independente do que você vende, do produto, do serviço, do sistema e até mesmo da qualidade do que você vende, a sua marca pessoal vem em primeiro lugar, antes da venda, afinal independe do que o seu cliente for comprar, ele vai estar comprando de você, da sua marca.

Sua marca, produto ou serviço, como já falamos, será geralmente o reflexo de quem é você.

 

Estágio e Hábitos 

Aqui estão dois tópicos que dariam vários artigos incríveis para se escrever, principalmente quando falamos em como assumir o controle da sua marca pessoal

Para você criar e ao mesmo tempo assumir o controle da sua marca pessoal, você precisa fazer duas ligações importantes: a primeira é entender em qual estágio você se encontra para construir uma marca forte; e a segunda, quais dos seus hábitos que irão influenciar o controle e como as pessoas verão o reflexo da sua marca em você e vice-versa.

Quando falamos do estágio em que você se encontra e dos hábitos para construção da sua marca, podemos usar como base um modelo bem simples para desenhar esse passo, falamos da saída do Ponto A ao B.

Ponto A: Quem é você ou sua marca Hoje? Onde você está, como é conhecido e principalmente como é reconhecido? A resposta dessas perguntas serão o guia para os seu hábitos.

Seus Hábitos pessoais e até mesmo como empresa irã definir como a sua marca será registrada no mercado. Aqui entra o reconhecimento, como as pessoas, a mídia e, principalmente, o seu cliente ideal veem você.

Por exemplo se seus produtos vão para a área de alimentação com foco para vegetarianos e veganos, mas os seus hábitos não se comportam como tal, isso irá tanto atrapalhar na construção da sua marcaquanto em você assumir o controle dela.

Ponto B: A sua chegada ao ponto B se inicia na sua saída do ponto A, ou seja ela se inicia quando você entende onde você se encontra e quais são os seus hábitos, saber isso é essencial para você definir os passos para a chegada no seu objetivo.

 

Tecnologia ao seu favor

Acredito que, na atualidade, é quase uma regra aproveitar tudo que a tecnologia tem a oferecer, para controlar e ao mesmo tempo espalhar a sua marca pessoal. 

Com toda a evolução digital, controlar o seu nome ou marca a que você deseja estar ligado é tanto essencial quanto uma ótima forma de crescimento.

Google, Yahoo, LinkedIn, Facebook, Instagram, Twitter e muitos outros estão ai para que você e sua marca tenham alcance global e principalmente para que você mostre quem é você e sua marca.

 

No final do dia qual é o seu objetivo?

E chegamos ao final quando você sabe exatamente quem é você ou sua marca, o que ela representa e o seu estado atual; você sabe até mesmo as ferramentas para crescer e evoluir. Todavia como assumir o controle da sua marca pessoal sem um objetivo?

Pode parecer lógico falar isso, mas infelizmente muitas pessoas desejam criar uma marca ou nome forte, e não passam disso. Pensam em um nome, pensam em formas de espalhar esse nome, mas não um real objetivo do que querem.

Neste tópico, não vou me estender muito, mas tenha em mente que é essencial ter seu plano anotado de forma clara, com o que você deseja alcançar. 

Adicionar itens selecionados ao carrinho